Criando um Dogue Alemão em apartamento

Se você perguntar para muitas pessoas sobre o que elas acham de criar um Dogue Alemão em apartamento, a maioria irá lhe dizer que é uma loucura. Nós também :-)

Mas é justo deixar de ter o direito de conviver e amar um Dogue Alemão só porque uma pessoa não reside em uma casa ampla e espaçosa? Talvez muitos dirão que sim, pois estarão pensando no bem-estar do Dogue Alemão.

E como ficam então os casos das pessoas que tiveram ou têm um Dogue Alemão dentro de um apartamento e que relatam uma excelente convivência e um ótimo estado de saúde do cão? Será que é verdade o relato dessas pessoas? Nós acreditamos que essas pessoas dizem a verdade, pois conhecemos alguns casos. É possível ter um Dogue Alemão em apartamento.

O que é pior? Um Dogue Alemão viver dentro de um apartamento recebendo atenção e carinho ou viver confinado em canil de 9 metros quadrados (quando muito) a maior parte do tempo em uma casa ampla e espaçosa sem atenção e cuidados adequados? Como em tudo na vida, há os prós e os contras.

Mas o Dogue Alemão é grande.

Sim, ele é grande. Então é bom abrir um espaço para ele poder se esparramar no meio da sala e assistir televisão com você. Ou se preferir, ele fica no sofá e você no chão

Mas e aquele rabo balançando para lá e para cá?

Bem lembrado. Tire os enfeites mais delicados e que quebram de cima das mesinhas. E outra coisa importante, não deixe que ele bata essa rabo com frequência, isso poderá causar uma lesão no rabo.

Mas e os vizinhos? Eles vão ficar com medo.

Isso é um ponto importantíssimo. Antes de adquirir seu Dogue Alemão, certifique-se de que seu condomínio permite a presença de cães. Se permite, verifique se não há restrições quanto a tamanho ou raça. Em alguns casos cães são permitidos desde que não sejam de tamanho X ou da raça Y.

Mas se tudo estiver OK. É uma boa dica ir apresentando seu filhote de Dogue Alemão desde os primeiros dias da chegada dele no condomínio para a maioria das pessoas, possivelmente todas. Se você fizer com que ele esteja visualmente presente no dia-a-dia de seus vizinhos, eles não irão perceber que ele está ficando gigante Mas se você o esconder e um ano depois resolver aparecer com ele, aí o susto vai ser grande. Por isso, vá “adestrando” o sentido da visão de seus vizinhos.

Faça com que seu Dogue Alemão vire o mascote do condomínio. Deixe-o “conversar” com o porteiro todo dia, torne-o o amigão das crianças do prédio (tenha sempre petiscos com você e faça com que as pessoas o ofereçam para o seu Dogue Alemão, eles vão achar o máximo). Os pais dessas crianças não terão coragem de exigir a saída do amigão de seus filhos. Jogue pesado Nada poderá ameaçar você e seu Dogue Alemão

Mas ele não precisa andar, correr, brincar em local espaçoso?

Sim, como qualquer outro cão seja de que raça for.

Tudo bem que tem gente que acha mais bonito carregar o seu cachorro no colo o tempo todo ou colocá-lo em uma carrinho de bebê. Mas definitivamente esses não serão locais onde seu Dogue Alemão irá passar parte de sua vida.

Um Dogue Alemão vai precisar sim sair do “apertamento”, idealmente todo dia. Fazer caminhadas, se possível correr, e brincar bastante, onde quer que esteja.

Mas assim como qualquer cão, evite de sair com ele em dias de calor nos horários mais quentes. Não vá fazer como algumas pessoas que resolvem sair ao meio-dia com sol escaldante. Lembre-se que seu cão não tem sapato para proteger a sola do pé do chão quente e também que ele tem uma área de corpo maior que você mais próxima do chão, ou seja, todo o tronco dele está próximo do calor emitido pela calçada ou asfalto.

Se o passeio for longo, mais de 20 minutos, não esqueça de levar água e/ou um recipiente para oferecê-la.

Outra coisa importante: você enxerga o seu Dogue Alemão como um grandão brincalhão e dócil que só está fazendo o passeio de rotina para “esticar os ossos”, mas as pessoas na rua não o conhecem, eles enxergam um cavalo, um monstro, uma fera que está na rua procurando por sua refeição, olhando para eles e pronto para voar no pescoço deles. Respeite o espaço das pessoas na rua e tente afastar-se daquelas que você nota um receio ou medo no rosto.

Mas os latidos dele vão incomodar os vizinhos.

Aqui entra um ponto importante que deve-se ter cuidado. Sim, o latido do Dogue Alemão é alto e poderoso. Podendo, além de incomodar, assustar os vizinhos mais sensíveis.

Desde filhote, iniba esse comportamento. Não faça brincadeiras que o incentive a latir. Quando ele é filhote o latido ainda é confundido com um cão de outra raça pequeno e então a maioria dos vizinhos nem notará. Mas conforme ele for crescendo a coisa muda, portanto, nada de brincadeiras que o façam latir.

Uma frase com a qual nos divertimos muito:

Dogue Alemão não late. Se latir é vira-lata.” _ Darwin Rocha Filho

Esse é o espírito do Dogue Alemão. Dificilmente você encontrará casos de Dogue Alemão que latem à toa.

Mas e as necessidades fisiológicas, como fica?

É como seria com qualquer outra raça, porém estamos falando de volumes ligeiramente maiores

Para começar, treine-o para fazer no jornal ou algo semelhante. Mesmo que você o condicione a fazer as necessidades fora de casa, acostumá-lo a fazer no jornal dentro de casa é ótimo para aqueles dias em que está uma chuva lá fora e você não quer nem pensar em sair de casa.

Ao levá-lo para fazer fora de casa, respeite o espaço público e principalmente os portões das casas das pessoas. Você não gostaria de sair de casa para o trabalho e atolar o pé na “lama” na porta de sua casa.

Aqui vai um reforço em relação ao tipo de alimento que você vai oferecer aos eu Dogue Alemão. Normalmente alimentos Super Premium produzem quantidades de fezes menores, pois as quantidades a serem oferecidas são menores que ração de baixa qualidade e também porque o aproveitamento pelo organismo é melhor, ou seja, mais alimento é absorvido. O resultado são menores quantidades de fezes.

E o xixi? Bom, para o xixi não tem outra solução que não a árvore da calçada. Se você conhece outra solução, compartilhe conosco que publicaremos aqui. Só não vale falar que é a roda do carro de alguém. Prefira sempre locais onde o xixi será absorvido pelo terreno e não deixe poça.